Tubarão

Pedro de Jesus Tomé, o Pelé, 63 anos, um dos sapateiros tubaronenses mais conhecidos na cidade, ex-presidente, fundador e jogador do time de futebol amador Caeté, da região do Morro da Caixa, no bairro Oficinas, em Tubarão, morreu no fim da tarde desta segunda-feira (15), devido à insuficiência respiratória. Pelé tinha sua sapataria há anos na rua Altamiro Guimarães, em um dos pontos mais movimentados da cidade, bem em frente à entrada da rua Silvio Búrigo, que dá acesso ao bairro Monte Castelo e à BR-101, e até poucos dias atrás estava trabalhando. Ele colecionava fotos e recortes de jornais e revistas sobre o futebol tubaronense. Alguns amigos o consideravam uma enciclopédia da modalidade na região. Também foi torcedor roxo e jogador do extinto Esporte Clube Ferroviário, que já foi campeão do Estado em 1970.

O velório ocorre neste momento na Funerária Santa Terezinha, na avenida Marechal Deodoro, em Oficinas. O sepultamento deve ocorrer no fim da tarde desta terça-feira (16), no Cemitério do bairro Congonhas, também em Tubarão.

O Caeté é o atual campeão da Copa Master de Futebol Amador, promovida pela Liga Tubaronense de Futebol (LTF), a qual o clube é filiado. O time do coração de Pelé encarou o Canoas em novembro do ano passado, da comunidade de Várzea das Canoas, de Gravatal.

Cerca de 200 pessoas compareceram ao estádio Domingos Silveira Gonzales, na manhã do feriado de Proclamação da República, nesta terça-feira (15).