A Seguradora Líder registrou, até 9h desta segunda-feira (20), mais de 480 mil pedidos de restituições do seguro obrigatório do DPVAT. O site entrou no ar na última quarta-feira (15). Cerca de 2 milhões de pessoas têm direito à restituição.

A restituição da diferença dos valores pagos é feita diretamente na conta corrente ou conta poupança do proprietário do veículo.

Ao enviar a solicitação, o proprietário recebe um número para o acompanhamento da restituição. Após o cadastro, a restituição será processada pela seguradora em até dois dias úteis, dependendo da compensação bancária para a finalização.

A Seguradora Líder informou que a restituição pode ser solicitada ao longo de 2020 e não é condição para conseguir o licenciamento.

A Superintendência de Seguros Privados (Susep) criou um canal exclusivo para reclamações referentes ao reembolso do seguro obrigatório. O órgão não quis informar quantas reclamações foram feitas nessas primeiras horas.

Pagamento 2020

O Seguro DPVAT deve ser pago, uma única vez ao ano, junto ao vencimento da cota única ou da primeira parcela do IPVA, acompanhando os calendários estaduais.

As informações completas de como pagar o valor de 2020 estão disponíveis no site da Seguradora Líder.

Os valores para pagamento do seguro DPVAT em 2020 são:

Automóveis e caminhonetas particulares/oficial, missão diplomática, corpo consular e órgão internacional – R$ 5,23;

Táxis, carros de aluguel e aprendizagem – R$ 5,23;

Ônibus, micro-ônibus e lotação com cobrança de frete (urbanos, interurbanos, rurais e interestaduais) – R$ 10,57;

Micro-ônibus com cobrança de frete, mas com lotação não superior a 10 passageiros e Ônibus, micro-ônibus e lotações sem cobrança de frete (urbanos, interurbanos, rurais e interestaduais) – R$ 8,11;

Ciclomotores – R$ 5,67;

Motocicletas, motonetas e simulares – R$ 12,30;

Caminhões, caminhonetas tipo “pick-up” de até 1.500 kg de carga, máquinas de terraplanagem e equipamentos móveis em geral (quando licenciados) e outros veículos – R$ 5,78;

Reboque e semirreboque – Isento (seguro deve ser pago pelo veículo tracionador).