Gravatal

Um evento que envolve esporte, solidariedade e arte. Assim é o ‘Pedalando pela Vida’, que terá sua quarta edição neste domingo (19), em Gravatal. Organizado pelo Grupo MTB Gravatal, a cada ano reúne mais ciclistas do estado e do país.

O evento inicia às 7 horas na Avenida Pedro Zapelini. A entrega dos kits será realizada a partir das 7h30min, com o alinhamento e largada às 8h45min.

A previsão de participação para este passeio é de mais de 200 ciclistas. As inscrições encerraram no último dia 13 e são feitas por meio de doação de sangue. Além disso, o atleta faz uma doação de dois quilos de alimento no momento da retirada do kit. Todos os donativos arrecadados serão doados à Apae de Gravatal.

Neste sábado (18), das 14 às 18 horas, ocorrerão várias apresentações artísticas e feirão de bikes na Avenida Pedro Zapelini, ao lado da igreja. Às 17 horas, será realizado um passeio ciclístico para crianças em um percurso de cinco quilômetros.

O Grupo MTB Gravatal foi fundado em 2010. Não tem fins lucrativos e incentiva o esporte na cidade com passeios semanais com a finalidade de mostrar outros meios de combate ao sedentarismo.

Atualmente conta com o auxilio da empresa Risco Zero Adventure, uma plataforma on line de inscrição e organização de eventos esportivos. A empresa presta toda a assessoria e hospedagem do evento.

Como nasceu o Pedalando pela Vida?

Em sua primeira e despretensiosa edição em 2014, reuniram-se cerca de 230 ciclistas para atender um pedido que veio de Itajaí. Era uma mãe com um filho portador de necessidades especiais.  Ela perguntava nas redes sociais quem poderia ajudá-los com a doação de uma bicicleta estilo triciclo para que o pequeno Guilherme, na época com 6 anos, pudesse ser estimulado motoramente com o equipamento.

Sentiu-se a necessidade de ajudar o garoto para que seu tratamento fosse melhor aproveitado. Neste momento, nasceu o 1º Passeio Solidário. No início eram apenas amigos confirmando presença no evento que visava a compra do triciclo adaptado.

Em dois dias, os amigos dos amigos começaram a se manifestar. Em uma semana mais de 100 pessoas já tinham colocado o nome na lista. Nos dias seguintes, o número cresceu significativamente.

O evento foi um sucesso e o triciclo comprado. Sobrou dinheiro e cestas básicas foram compradas para doação. Assim a corrente do bem se espalhou e hoje o ‘Pedalando pela Vida’ (antes Passeio Solidário) continua fazendo história e mudando a vida de muitas pessoas para melhor.