#Pracegover Foto: na imagem há uma mulher
#Pracegover Foto: na imagem há uma mulher

Paulinha Abelha, vocalista do Calcinha Preta, foi transferida na noite desta quinta-feira (17) do Hospital Unimed, em Aracaju, para o Hospital Primavera, na mesma cidade. A cantora está internada desde sexta-feira (11), e entrou em coma na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na tarde nesta quinta.

Segundo a equipe, Paulinha está com uma bactéria no cérebro. Ela estava em turnê com a banda em São Paulo quando passou mal e foi hospitalizada assim que desembarcou na capital sergipana.

Paulinha foi diagnosticada com um quadro de insuficiência renal, que é quando os rins perdem a capacidade de efetuar as funções básicas, e passava por uma terapia dialítica, sendo acompanhada por uma equipe médica especializada. A família da cantora deseja que ela seja tratada no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, porém, por instabilidade neurológica, Paulinha não está em condições clínicas seguras para realizar a transferência aérea.

Fake news Ontem, Marlus Viana, ex-marido da cantora e ex-vocalista da Calcinha Preta, repudiou as fake news que circulam em redes sociais que declaravam que a artista havia sofrido morte cerebral.

“Eu a vi hoje e ela está com um semblante bom, tranquila. Saí muito mais confiante do que entrei aqui no hospital. O que foi passado para mim é que não existe nada relacionado a morte cerebral como circula nas redes sociais. As únicas fontes oficiais de informação sobre o quadro clínico dela serão por meio do Instagram da Calcinha Preta e do próprio Instagram de Paulinha”.

O vocalista também contou durante a entrevista que ela irá ao novo hospital para ter acesso a uma estrutura mais completa, com tomografias computadorizadas e ressonância magnética.

Calcinha Preta

A banda Calcinha Preta foi formada em 8 de dezembro de 1995 e já teve diversas formações — o grupo é um dos maiores nomes do forró eletrônico. Paulinha, de 43 anos, entrou para o grupo em 1998.

Ela já se desligou da banda duas vezes para focar em outros projetos, mas retornou e, desde 2018, permanece no grupo de forró. Hoje, os vocalistas são Daniel Diau, Silvânia Aquino, Paulinha Abelha e Bell Oliver. A banda é conhecida pelo forró romântico e as superproduções para os shows.

Em novembro do ano passado, o vocalista original do Calcinha Preta foi assassinado em casa. Segundo a Secretaria de Segurança Pública de Sergipe, Sidney Chuchu morreu com um golpe de arma branca — termo técnico para designar objetos que podem ser usados para ferir ou matar, mas cuja utilização normal é outra.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: UOL