#ParaTodosVerem Na foto, dois ônibus
O reajuste extraordinário é desdobramento do TAC assinado entre o Estado e o Ministério Público para regularizar o transporte intermunicipal em Santa Catarina - Foto ilustrativa | Divulgação

As primeiras resoluções da Agência de Regulação de Serviços Públicos de Santa Catarina (Aresc) para o reajuste extraordinário das passagens de ônibus intermunicipais começaram a ser publicadas no Diário Oficial do Estado. O percentual de aumento é variável e calculado para cada empresa individualmente, pois considera o custo operacional com mão de obra, manutenção e combustível, por exemplo, e a inflação do período entre janeiro e maio deste ano. O reajuste também é diferente para o serviço prestado em percurso urbano e rodoviário. Todas as resoluções podem ser conferidas na íntegra no site da Alesc.

A decisão é desdobramento do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), firmado entre a Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade (SIE) e o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), para regularizar o transporte intermunicipal no Estado. Até o momento, 18 empresas de ônibus que atuam em Santa Catarina foram autorizadas a reajustar entre 11,17% e 17,39% o preço das passagens cobradas, todas a partir de agosto. Entre as operadoras com linhas intermunicipais mais utilizadas na região estão as empresas União Transporte, cujo aumento será de 11,17% para o serviço urbano e 11,45% para o rodoviário a partir de 5 de agosto, e a Auto Viação Catarinense e a Reunidas Transportes Coletivos, ambas com reajuste autorizado de 17,39% para serviço urbano e 16,14% para o rodoviário a partir do dia 7 do próximo mês.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul