#ParaTodosVerem Na foto, uma pistola preta
#ParaTodosVerem Na foto, uma pistola preta

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recebeu nesta quinta-feira, 14, uma proposta sobre a possibilidade de proibir o porte de armas no dia das eleições. A proposta pede que a livre circulação de portadores de armas seja restrita às equipes de forças de segurança pública. O texto cita ainda o assassinato do militante petista Marcelo de Arruda, em Foz do Iguaçu.

O documento foi elaborado por deputados de oposição ao governo do presidente Jair Bolsonaro e foi entregue em mãos ao vice-presidente do TSE, Alexandre de Moraes.

A entrega ocorreu em um ato dos partidos coligados nacionalmente à candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à presidência.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: O Município