Paraná Bandidos agridem mulher por engano e a jogam em buraco com 3 metros de profundidade
Foto: Reprodução

A Polícia Civil de Londrina deflagrou na manhã desta quarta-feira (11) mandados de prisão e busca e apreensão contra suspeitos de terem agredido e abandonado uma mulher em um buraco no dia 15 de julho. A vítima foi encontrada em um buraco com cerca de três metros de profundidade em um terreno abandonado na rua Chile, no centro da cidade. Na ocasião, ela foi socorrida com vários ferimentos.

Durante as investigações, a Polícia Civil apontou que a mulher foi agredida por engano pois os suspeitos envolvidos com o tráfico de drogas planejavam agredir uma outra mulher, por conta de uma dívida. Após perceber o erro, o chefe do tráfico no local resolveu que a mulher deveria ser morta. Por este motivo, ela foi abandonada em um buraco por cerca de 12 horas e foi resgatada após uma denúncia anônima ser feita na Guarda Municipal.

A Polícia Civil revelou que foram realizados cinco mandados de prisão temporária e quatro de busca e apreensão. Entre os endereços estão três residências ligadas ao chefe do tráfico da região. Quatro pessoas foram presas durante a ação. Os nomes dos envolvidos não foram divulgados pela Polícia Civil.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul