#PraCegoVer Na foto, o papa católico acalenta uma senhora na tradicional missa do lava-pés
Papa Francisco lava os pés a doze detentos, nove homens e três mulheres de diferentes idades e nacionalidades - Foto: Vatican News | Divulgação

O papa Francisco visitou uma prisão italiana para a tradicional missa de lava-pés nesta quinta-feira (14). Ele lavou e beijou os pés de 12 detentos para relembrar o gesto de humildade de Jesus para com seus apóstolos na noite anterior à sua morte. Seus predecessores realizaram o ato na Basílica de São Pedro ou em outra catedral de Roma. Mas depois de sua eleição, em 2013, o papa Francisco deu continuidade à tradição que estabeleceu como arcebispo de Buenos Aires, capital Argentina, de mantê-lo em prisões ou lares para idosos. Este ano, Francisco foi a uma prisão na cidade portuária de Civitavecchia, a noroeste de Roma, na costa do Mediterrâneo.

 

Um vídeo divulgado pelo Vaticano mostrou o papa lavando e beijando os pés de 12 detentos, nove homens e três mulheres, de várias idades e nacionalidades. Em breve homilia improvisada durante a missa na capela da prisão, o líder religioso disse aos detentos que Deus os julgaria, mas também estaria pronto para perdoá-los. “um serve o outro, um é irmão do outro, um ajuda o outro, um corrige o outro e assim deveria ser feito. Gostaria de colocar hoje no coração de todos nós, inclusive do meu: Deus perdoa tudo e Deus perdoa sempre! Somos nós que nos cansamos de pedir perdão. Ele nos pede somente a nossa confiança”, proferiu o papa.

Fonte: Vaticano News
Edição: Zahyra Mattar | Notisul

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul