Capivari de Baixo

 

A comunidade que vive ao redor do Posto de Saúde Central de Capivari de Baixo pôde participar de uma palestra sobre os malefícios do cigarro. Ministrada pelo coordenador do Programa Municipal Antitabagismo, psicólogo Luciano Corrêa, o evento serviu de alerta aos participantes. 
 
As doenças que o uso contínuo do tabaco pode causar norteou o debate. “O cigarro é considerado uma das drogas lícitas, pois é permitido por nossa legislação. Possui mais de quatro mil substâncias que causam danos à saúde”, alerta o coordenador. 
 
O vício no tabaco causa diversos tipos de câncer. O que mais mata é o de pulmão. Mas os pacientes também podem ser diagnosticados com a doença na boca, garganta, laringe, faringe, estômago e bexiga. Derrames e tromboses também estão associados ao cigarro e afins.
 
Luciano também ressaltou que o cigarro está saindo de moda. “Já se foi o tempo em que fumar era chique e símbolo de status. Hoje, o cigarro tornou-se um caso de saúde pública no mundo todo”, avalia. 
Os capivarienses que desejam parar de fumar  podem participar do Programa Antitabagismo. Para isso, devem procurar a unidade de saúde e marcar uma avaliação.