O consumidor de baixa renda poderá ter um tempo maior para o pagamento das faturas de março e abril das Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc). A concessionária concederá o adiamento das contas para as famílias consideradas hipossuficientes no cadastro único do governo federal, por causa do coronavírus. 

O parcelamento poderá ser feito em até 12 vezes, a partir da fatura do mês de maio.

No Estado mais de 36 mil famílias serão beneficiadas com a medida. Porém, é necessário que todos estejam cadastrados junto ao Programa Social do Governo Federal ou ainda, que recebam o Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social (BPC), seguindo o estabelecido na Resolução nº 414/2010 da ANEEL. 

A informação foi anunciada pelo governador Carlos Moisés neste sábado pela manhã.