#Pracegover Foto: Na imagem há o prédio da instituição Joanna de Angelis, um muro pintado e com figuras de crianças e em frente ao muro há três plantas
#Pracegover Foto: Na imagem há o prédio da instituição Joanna de Angelis, um muro pintado e com figuras de crianças e em frente ao muro há três plantas

Padrinho e madrinha são figuras antigas na relação com crianças e adolescentes que vivem em casas de acolhimento ou instituições. Há alguns anos, a Fundação Educacional Joanna de Angelis, no bairro Passagem, em Tubarão, realiza a campanha ‘Padrinho Afetivo’, com o intuito de aumentar a receita da instituição e dar continuidade aos trabalhos.

A diretora-presidente da fundação tubaronense, Sandra Nazário, explica, que os recursos recebidos como o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) e do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) não cobrem todo o custo da Joanna, mas 60%. “ Os outros 40% temos que ir atrás de projetos, programas, doações e eventos para levantar cerca de R$ 300 a 400 mil por ano”, expõe.

Sandra conta que o padrinho afetivo pode ser por meio de doações em conta bancária e na conta de energia elétrica mensalmente pela Centrais Elétricas de Santa Catarina S.A. (Celesc) ou pela Cooperativa de Eletrificação Anita Garibaldi (Cergal). A iniciativa também pode ser realizada em contato por telefone 3626-1416 e também via WhatsApp 99807-1416.

A ação busca coerência com o Art. 4º do Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA, Lei 8069/1990, que praticamente reproduz o Art. 227 da Constituição Federal: “É dever da família, da comunidade, da sociedade em geral e do poder público assegurar, com absoluta prioridade, a efetivação dos direitos referentes à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao esporte, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária”.

A instituição atende em período integral 143 crianças em vulnerabilidade social. O projeto iniciou há 25 anos e precisa do apoio da comunidade para seguir em frente. Em 2017, a fundação precisava muito do apoio financeiro de empresários, governo, além da população. Tudo isso para não fechar as portas. De lá para cá muita coisa mudou, e a melhor delas é que uma grande, animadora e bem-vinda iniciativa surgiu, o Projeto ‘Alimenta-Ação’.

As crianças diariamente desenvolvem diferentes atividades lúdicas como aula de Balett, Pet Terapia, aulas de música, aulas de recreação, brincadeiras ao ar livre, parque infantil. São realizadas Atividades com a família promovendo a socialização e integração entre a família e escola. Na área social são oferecidas consultas médica com pediatra em parceria com a Pró-Vida; atendimentos Odontológicos, Psicológicos, Grupo de Gestante.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul