Padre Sérgio continuará à frente da Paróquia de Vargem do Cedro
Padre Sérgio continuará à frente da Paróquia de Vargem do Cedro

Karen Novochadlo
Tubarão

 
Enquanto um novo bispo não for nomeado, o padre Sérgio Jeremias exercerá a função de administrador diocesano. Ele foi eleito pelo colegiado da Diocese de Tubarão e ficará à frente das 28 paróquias e mais de 400 comunidades. 
 
“Vou continuar o bom trabalho realizado pelo Dom Wilson Tadeu Jönck”, adianta Padre Sérgio. Enquanto não for nomeado um sucessor para bispo, não poderão ser ordenados padres ou feitas grandes mudanças administrativas, como a criação de paróquias.
 
Sérgio deverá continuar como responsável pela Paróquia de Vargem do Cedro e conciliará os dois trabalhos. Ele também cuida do processo de canonização da Beata Albertina Berkenbrok e é reitor do Santuário da Bem Aventurada Albertina. “Falta apenas comprovar um milagre para termos uma santa. Precisamos da colaboração das pessoas com provas de graças alcançadas”, explica. 
 
Padre Sérgio foi ordenado há 19 anos. Já foi pároco da Paróquia Nossa Senhora Imaculada Conceição e Paróquia Nossa Senhora de Fátima, em Humaitá. Também já atuou em Araranguá. 
 
O bispo Dom Wilson foi nomeado arcebispo da arquidiocese de Florianópolis e precisou deixar a Diocese de Tubarão este ano. Ele ficou por aqui um pouco mais de um ano. Antes dele, a diocese ficou sem um representante por sete meses. 
 
A diocese de Tubarão
• São 17 municípios da Amurel e mais Orleans.
• Abrange cerca de 350 mil pessoas.
• Envolve 407 comunidades (cada uma com uma igreja, capela ou gruta).
• O Conselho de Consultores é formado pelos seguintes padres: Anselmo Buss, Pedro de Biasi, Auricélio Costa, Edison Müller, Sérgio Jeremias, Lino Brunel, Nilo Buss e Edinei Ouriques da Silva.
• São 28 paróquias.