O padre mais experiente em atividade da Diocese de Tubarão celebra nesta quinta-feira (13) uma data especial. Raimundo Ghizoni, completa 95 anos de vida. Desse total, são 70 anos de dedicação à Igreja Católica, destes, 65 anos, na Catedral Diocesana e Paróquia Nossa Senhora da Piedade, no centro, de Tubarão.

Nesse período, o padre realizou inúmeras celebrações, batizou milhares de pessoas e celebrou centenas de casamentos. Atualmente ele se dedica à evangelização, organização estrutural e administrativa da paróquia, na promoção social de crianças em vulnerabilidade social.

O religioso iniciou os estudos primários no Colégio São José, em Tubarão. Depois, foi para Brusque, onde frequentou o ensino médio. É formado em Filosofia em Mariana, em Minas Gerais e Teologia em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul. Foi ordenado padre na Catedral Metropolitana de Florianópolis, em dezembro de 1949. Na Cidade Azul, ele também idealizou a Aproet, entidade que abrange três CEIs na cidade: Santo Afonso, Santa Tereza e Pio XII. Também criou grupos de terceira idade e é da direção da Rádio Tubá.

Por 30 anos, o religioso foi pároco da Catedral. “Vale a pena a querer viver para servir o próximo. Se viemos para viver em grupo, vamos bem e assim fica mais fácil. Precisamos viver em comunidade. Temos a missão para a paz celestial”, destaca o padre, que afirma que sua alegria é servir.

O vigor é uma das mais fortes características de Ghizoni. O sacerdote jamais deixou de enfrentar um desafio, sempre voltado para a pesquisa e o aprofundamento. Ele escreveu cinco livros, entre eles ‘Clarinadas do Coração’, e faz parte da Academia Tubaronense de Letras (Acatul). Raimundo Ghizoni nasceu em Braço do Norte.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul