#Pracegover Na foto, Padre Adriano aparece sorrindo
Foto; Reprodução

O Padre Adriano Henrique Pestana Pereira, de apenas 32 anos, foi encontrado morto na casa paroquial da igreja de Novohorizonte (MG), onde atuava. Quem o encontrou sem vida foi um funcionário da igreja. O caso aconteceu na madrugada deste domingo (4) e comoveu toda a cidade.

O velório do Padre aconteceu durante a madrugada de segunda-feira (5) na Igreja Nossa Senhora Imaculada Conceição em Novorizonte. Pela manhã o corpo foi levado para a Igreja Matriz de Santo Antônio em Salinas e à tarde houve o sepultamento no cemitério local.

Por meio de nota a arquidiocese lamentou a morte do Padre: “Confiantes na misericórdia de Deus rezemos pela família, amigos e paroquianos”.

A arquidiocese não informou a causa da morte do Padre, mas moradores de Novohorizonte e fieis afirmam que ele cometeu suicídio.


Quem foi Padre Adriano

Padre Adriano Henrique Pestana Pereira é o filho caçula de Mauro Francisco Pereira e Maria Aparecida Pestana Pereira, nasceu em 08/02/1989 em Rubelita – MG. Cursou o Ensino Médio na Escola Estadual Coronel Idalino Ribeiro em Salinas – MG. Entre 2010 a 2017, cursou Filosofia e Teologia no Seminário Maior Imaculado Coração de Maria em Montes Claros – MG.

Ordenado diácono em 11/02/2017, exerceu o ministério diaconal na Paróquia Santo Antônio em Grão Mogol a partir de 14/02/2017. Foi ordenado sacerdote por Dom José Alberto Moura, CSS em 15/09/2017 no Ginásio Poliesportivo Ápio Cardoso Araújo em Salinas. Ainda em Grão Mogol, permaneceu como padre até 31/12/2019. Em 01/01/2020 tornou-se o primeiro administrador paroquial da Quase-Paróquia Nossa Senhora Imaculada Conceição em Novorizonte e em 08/04/2021 nomeado como administrador paroquial da Quase-paróquia São Sebastião em Berizal, lugares onde permanecia até então.

Padre Adriano Henrique Pestana Pereira também era Vigário Forâneo da Forania São Sebastião, área que compreende o norte da Arquidiocese de Montes Claros e tesoureiro da Associação de Presbíteros da Arquidiocese.

Escolheu como lema do seu ministério sacerdotal: “Seduziste-me, Senhor, e eu me deixei seduzir” (Jr 20, 7). Dizia “sou apaixonado por Deus”, e que esse trecho bíblico traduzia toda a sua vocação.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul