Um pacote de obras e de serviços para várias unidades escolares, o que representa um investimento de R$ 1,5 milhão em reformas, pinturas, construção de salas de aulas e banheiros, instalação de equipamentos de ar-condicionado e compra de novos computadores, foi apresentado nesta semana. O ato foi no auditório da Amurel e prestigiado por dezenas de pais, professores, diretores e outros servidores da Fundação Municipal de Educação (FME).

A apresentação detalhada de cada melhoria ou serviço foi feita pelo diretor-presidente da FME, Maurício da Silva, que fez questão de enaltecer a maneira com que os recursos foram viabilizados. “Muitos podem se questionar como estamos anunciando esse pacote em um momento que os repasses para os municípios estão menores, os recursos congelados pelo governo federal anterior foram diminuídos e a crise econômica ainda interfere nos cofres públicos. Fizemos um esforço conjunto na fundação para resgatar cerca de R$ 400 mil junto ao Ministério da Educação de projetos elaborados na gestão anterior e os outros R$ 1,1 milhão vieram do trabalho de pesquisa e foco para vasculhar todo tipo de recurso disponível ou acessível. Além disso, nos preocupamos com as prioridades e evitamos as tentações de itens que não são fundamentais”, destacou o professor.

Para o prefeito Joares Ponticelli o pacote de obras contempla algumas reivindicações que eram aguardadas há mais de 10 anos. Além do conforto e ambiente para a comunidade escolar, a questão da segurança também foi lembrada.“Deus foi muito generoso conosco, pois algumas das escolas beneficiadas apresentavam sérios problemas estruturais e nenhum incidente ou tragédia ocorreu. É um momento muito especial que estamos vivendo, pois certos reparos ou ampliações eram esperadas há mais de 10, 15 anos”, observou o prefeito.