Orleans é a segunda cidade catarinense a aderir ao programa internacional da Onu. A primeira foi Florianópolis, em outubro do ano passado - Foto: Divulgação

O município de Orleans aderiu oficialmente ao programa internacional Making Cities Resilient 2030 (MCR2030 – Construindo Cidades Resilientes, na tradução do inglês). Sob a liderança pelo escritório das Nações Unidas para a Redução de Riscos (UNDRR), a ação tem como objetivo garantir que as cidades do mundo se tornem inclusivas, seguras, resilientes e sustentáveis até 2030.

No Brasil, a ação da ONU tem como parceira a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec). “Orleans é o segundo município de Santa Catarina a aderir o programa e agora será possível estabelecer redes de aprendizado, conectar diversas camadas do governo e integrar esta iniciativa global com o programa Resiliente da Defesa Civil Estadual”, valoriza o coordenador municipal de proteção e defesa civil de Orleans, o engenheiro Samuel Andrade Segatto.

Antes de Orleans, apenas Florianópolis aderiu ao programa, em outubro do ano passado. A parceria multissetorial inclusiva e de longo prazo visa apoiar as cidades a identificar e assumir sua visão de resiliência a desastres, fornecendo caminhos, suporte e serviços para que possam se reestruturar o mais rápido possível.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul