Uma obra muito aguardada por moradores e turistas, enfim, segundo o governo de Santa Catarina, começará a ser executada. São 25 pontos críticos da SC-390, na Serra do Rio do Rastro, que receberão os serviços de contenção.

O trabalho de recuperação é extremamente necessário e esperado há alguns anos para garantir a segurança das pessoas que trafegam na rodovia. Vários acidentes já foram registrados nos últimos anos em decorrência de desmoronamentos (foto destaque) de rochas quando há a ocorrência de chuva. Felizmente, sem vítimas, mas deixou pessoas feridas.

Impossível enumerar a quantidade de vezes em que a estrada foi interditada por causa das quedas de barreiras.

 

Intervenção começa no Ponto 5

Os trabalhos começam na próxima segunda-feira (6). A intervenção iniciará no ponto 25, em Orleans. Serão realizados os serviços de contenção de talude com tela metálica de alta resistência.

A previsão é que a intervenção neste local seja concluída em 90 dias. O trânsito ficará em meia pista em uma extensão de 300 metros do ponto 25, no sentido Orleans. O fluxo seguirá no sistema ‘siga e pare’. A operação será coordenada pela Polícia Militar Rodoviária Estadual (PMRv).

O plano de trabalho prevê que a intervenção ocorra simultaneamente em outros pontos ao longo da rodovia. “A previsão é que na segunda quinzena de julho as equipes também comecem a trabalhar nos pontos localizados na Serra do Rio do Rastro. Esta obra aguardada há anos pela comunidade local garantirá mais segurança aos usuários da rodovia. Neste momento é preciso ter atenção redobrada ao trafegar pelo local, pois será necessário fazer alterações no trânsito”, explicou o secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira.

A obra
O plano de trabalho de recuperação dos 25 pontos críticos contempla também a intervenção ao longo da SC-390, com diferentes técnicas conforme a necessidade de cada ponto, e a retirada de blocos rochosos e outros materiais que estão soltos e depositados sobre os taludes.

A empresa responsável pelo projeto e pela execução da obra é a Teixeira Duarte e o valor contratado é de R$ 19.084.771,00, com recurso proveniente do Ministério do Desenvolvimento Regional. O prazo previsto para conclusão da obra é maio de 2021.

Fotos: PMRv/Divulgação/Notisul