Acompanhado pelo vice-prefeito, Pepê Collaço (PP), e pelos secretários de desenvolvimento urbano, Nilton de Campos, e de meios e suprimentos, Aristeu Cavalca, o prefeito Manoel Bertoncini (PSDB) conheceu detalhes do projeto arquitetônico do complexo.
Acompanhado pelo vice-prefeito, Pepê Collaço (PP), e pelos secretários de desenvolvimento urbano, Nilton de Campos, e de meios e suprimentos, Aristeu Cavalca, o prefeito Manoel Bertoncini (PSDB) conheceu detalhes do projeto arquitetônico do complexo.

Imbituba

A construção de um dos empreendimentos mais aguardados pelos tubaronenses, a Arena Multiuso, está em pleno andamento. Nesta semana, a construtora Viseu, responsável pela execução dos trabalhos, iniciou o estaqueamento das fundações.

Esta etapa deverá ser finalizada em 40 dias, estima o engenheiro Manoel Silveira da Rocha, supervisor da obra. “Paralelamente a este serviço, cerca de 50 pessoas atuam na fabricação das estruturas pré-moldadas do futuro prédio”, revela o engenheiro.

Na primeira fase, no mês passado, foram executados os projetos complementares, a demarcação e a sondagem do terreno e a preparação do canteiro de obras.
Uma comitiva, sob a liderança do prefeito Manoel Bertoncini (PSDB) e do vice Pepê Collaço (PP), visitou o canteiro de obras e aprovou o ritmo dos trabalhos. A Arena Multiuso de Tubarão terá mais de dez mil metros quadrados de área construída.

Além da quadra poliesportiva, com espaço para cinco mil cadeiras ou 7,5 mil pessoas em pé, o local terá também um teatro com capacidade para 888 cadeiras, um palco interno e espaço de apoio. O empreendimento terá ainda um palco externo, um café/bar e quatro salas de eventos, além de vestiários, cozinha, arquibancadas e área de circulação.

A construção da arena custará R$ 14.339.036,00. Deste valor, R$ 6 milhões virão do governo do estado e R$ 8.339.036,00 dos cofres municipais. A parte do estado será repassada em 12 parcelas de R$ 500 mil. Duas já foram depositadas na conta da prefeitura.