Paulinho Sachetti
Tubarão

Pelo menos dois funcionários da empresa Unibras, de Capivari de Baixo, ficaram feridos depois que um galpão pré-moldado, onde eles trabalhavam, desabou na manhã desta sexta-feira, no bairro Recife, em Tubarão. Um deles quebrou a perna e precisará ser operado. Ele está internado no Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC). O outro sofreu um corte na perna, levou alguns pontos e foi liberado mais tarde. Nenhum dos dois correm risco de morte.

O galpão estava em fase final e, segundo a gerente da Unibras, Jadna Vitoret, os acessórios de fixação não aguentaram e desabaram. “Estes equipamentos que são fornecidos a nós por uma outra empresa não agüentou a pressão. A rosca de um dos parafusos espanou e causou o acidente”, explicou. Segundo ela, a maior preocupação agora é em auxiliar os funcionários.

“Ainda não sabemos o prejuízo do desabamento. Nesse momento, queremos apenas ver se está tudo bem com as duas vítimas. Apenas segunda-feira, trataremos de cifras. Mas posso adiantar que conversamos com o proprietário deste galpão e, no máximo em um mês, a obra estará concluída”, encerrou a gerente.

Na hora do desabamento houve um certo pânico de algumas pessoas, já que viram os dois operários sendo atingidos pelas vigas e outros equipamentos. O Corpo de Bombeiros foi acionado e levou as vítimas ao hospital.