Obra é edificada em uma terreno da prefeitura no próprio bairro Madre Tereza e deve ficar pronta em breve.
Obra é edificada em uma terreno da prefeitura no próprio bairro Madre Tereza e deve ficar pronta em breve.

Wagner da Silva
São Ludgero

Como forma de incentivar a prática esportiva e o lazer, uma parceria entre a prefeitura de São Ludgero, o Samae e Cegero foi firmada para tirar do papel uma obra reivindicada há anos pela comunidade do bairro Madre Tereza: a construção de mais um campo esportivo.

O complexo já começou a ser edificado em uma terreno da prefeitura, que doou também o material. A mão-de-obra é promovida pelo Samae e a iluminação ficará a encargo da Cegero.

“Cumprimos com o compromisso assumido com os moradores que utilizavam um espaço ao lado da Estação de Tratamento de Esgoto (ETA) para jogar futebol”, explica o diretor do Samae, Jackson Buss.

O campinho improvisado pela população receberá, em breve, a Estação de Recalque de Água Bruta, uma obra necessária para garantir o abastecimento da cidade nos próximos anos. Depois de pronta, a estação de recalque terá capacidade para captar 75 mil litros de água por dia do Rio Pinheiro.

“Como esta obra do Samae acabará com o espaço usado hoje para o lazer da comunidade, nada mais justo do que formar esta parceria para concretizar a obra do novo complexo esportivo”, considera Buss.