Espetáculo mostra o percurso da arte como linguagem desde a pré-história até os dias atuais.
Espetáculo mostra o percurso da arte como linguagem desde a pré-história até os dias atuais.

Tubarão

Com uma proposta diferente, inovadora e lúdica, o Grupo Municipal de Teatro de Tubarão, formado por alunos da Amurel, promete momentos de muita diversão e aprendizado nas escolas da região. A nova peça em cartaz, “Fazendo Arte”, conta a concepção da arte através da história.

Com imagens projetadas na parede e uma linguagem bastante acessível, o espetáculo mostra o percurso da arte como linguagem desde a pré-história até os dias atuais. A encenação é uma montagem didática e une dois vieses culturais importantíssimos: artes visuais e cênicas.

“Sentimos uma necessidade desse tipo de conteúdo, sobre história da arte, hoje muito exigido nos vestibulares e também do Enem. A peça surgiu para preencher esta lacuna”, explica a diretora teatral Ilza Laporta.

O grupo, que se reúne sempre nas segundas e quartas-feiras no Centro Municipal de Cultura, começa a percorrer as escolas de Tubarão nesta semana. O primeiro encontro será nesta quarta-feira, no Colégio Henrique Fontes, no bairro Humaitá.

Os interessados em receber o espetáculo podem agendar com a professora Ilza Laporta. Os telefones de contato são: 9109-1037 ou 3621-9083.

Dança
O Grupo de Dança de Tubarão, formado por meninas com idade entre 10 a 15 anos, levam o nome da Cidade Azul na sétima edição do festival Garopaba em Dança. As meninas, integrantes do estúdio de dança Sônia Severo, já se apresentaram em competições em Florianópolis, Criciúma e Araranguá. Os estilos que elas apresentam variam do jazz até a dança contemporânea.