Tubarão

A nova diretoria da 6ª Subseção da OAB Tubarão foi diplomada nesta terça-feira à noite (19), no auditório da sede da entidade, no bairro Recife. Integram a diretoria, na gestão 2019-2021, o presidente Erivelton Alexandre Mendonça Fileti; o vice-presidente João Batista Blasius; o secretário-geral Rafael Roque Búrigo; a secretária-geral adjunta Magali Magnus Wagner e a tesoureira Rayane Caetano Rodrigues.

Fileti destacou que dará continuidade ao trabalho iniciado há alguns anos. Para ele, o diálogo institucional, já conquistado com a Seccional de Santa Catarina, em muito auxiliará e norteará em uma proveitosa caminhada, e de muitas conquistas. O presidente pontuou que a sua batalha, assim como dos diretores e conselheiros da Subseção da Cidade Azul, será incessante para a concretização dos anseios e aspirações da advocacia de Tubarão e região.

Líder da advocacia tubaronense, Fileti, reeleito para a presidência em novembro passado, abordou o papel essencial da classe na defesa da cidadania. “Participei da reeleição por um pedido do grupo. Eles solicitaram que eu continuasse na função. Queremos seguir o trabalho que fizemos até agora. Vamos evoluir e incluir cada vez mais, todos os advogados da nossa Subseção. A nossa equipe é formada por advogados e advogadas extremamente competentes, dedicados e com verdadeira vontade de representar e ajudar os colegas, e isso foi e é o que lhes legitimou e legítima a compor a equipe”, assegura.

Além de presidente da Subseção, Erivelton também é professor universitário. Tomaram posse ainda, dois conselheiros estaduais, 33 conselheiros da 6ª Subseção e três delegados Caixa de Assistência dos Advogados. “Nosso grupo renovou 100% dos conselheiros estaduais, mais de 80% dos de subseção e 60% da diretoria. Todas as decisões serão tomadas pelo conselho da subseção, que é o seu órgão máximo”, enfatiza.

As eleições da OAB em todo o Estado para a Secional e Subseções ocorrem no último dia 28 de novembro. O processo de votação na OAB/SC é parecido com o das eleições gerais e teve à disposição as mesmas urnas utilizadas em outubro. Os profissionais da advocacia votaram nas legendas de chapas de sua preferência. O primeiro sufrágio indicava os candidatos escolhidos para assumir a seccional. Na sequência, o advogado eleitor votava nos representantes de sua Subseção.

No último ano, 111 urnas foram disponibilizadas para o pleito. Em Florianópolis, 23 equipamentos foram distribuídos nas 13 seções eleitorais localizadas na sede da seccional e nas dez eleitorais na Sociedade Novo Horizonte, que fica a 55 metros de distância da OAB/SC. Em Tubarão, duas urnas foram disponibilizadas para o pleito.