#Pracegover foto: na imagem há a carteira da OAB
#Pracegover foto: na imagem há a carteira da OAB

A Comissão do idoso da 6ª subseção de Tubarão da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/SC) e o presidente da 6ª subseção da OAB/SC, João Batista Blasius, divulgaram recentemente uma nota afirmando que a entidade e seus membros não possuem interesse em administrar o Abrigo dos Velhinhos de Tubarão ou o fechamento da instituição. De acordo com a Comissão do Idoso e a presidência da OAB, o único objetivo é de levar ao conhecimento das autoridades competentes as inúmeras denúncias de maus tratos supostamente contra os internos da casa de repouso.

Recentemente, a direção do Abrigo dos Velhinhos divulgou por meio do Instagram e WhatsApp, que membros da comissão e a OAB tinham interesse na administração da entidade e que estavam acusando a direção de maus-tratos. Segundo os integrantes da Ordem dos Advogados, eles não estão acusando ninguém, no entanto, é de conhecimento dos profissionais de direito relatos e reclamações referentes ao Abrigo dos Velhinhos.

As denúncias são de funcionários, ex-funcionários, e familiares que relataram diversas formas de maus-tratos. Os representantes do Abrigo dos Velhinhos asseguraram que houve denúncias e investigações, porém a Comissão do Idoso pontuou que não teve acesso às instalações, muito menos, houve o comparecimento da instituição OAB juntamente aos órgãos nas visitas in loco durante as investigações.

Conforme a 6ª subseção, as denúncias de maus-tratos continuam chegando na sede. Assim, os trabalhos da Comissão do Idoso não se deram por encerrados, e desta forma, continuam cobrando dos órgãos competentes posições com relação às inúmeras denúncias.

O Notisul desde outubro do ano passado vem abordando em suas matérias jornalísticas as crescentes denúncias de maus-tratos sofridas por internos dos Abrigo dos Velhinhos de Tubarão. A casa de repouso está localizada no bairro São João Margem Direita e acolhe idosos há mais de 50 anos. As acusações são feitas por ex-funcionários, ex-voluntários, voluntários, ex-internos, filhos de internos e filhos de ex-moradores do local.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul