A cidade de Tubarão é conhecida por muitas histórias, lutas e conquistas. Um território de 301,755 km², com mais de 105 mil habitantes, é um dos poucos municípios catarinenses que investe em saneamento básico, com 100% de cobertura de água tratada na área urbana e mais de 23% de cobertura populacional do sistema de coleta e tratamento de esgoto.

Os serviços que colocam Tubarão como exemplo, para outras cidades catarinenses, são administrados pela Tubarão Saneamento desde 2012, por meio de um contrato de concessão com o município e fiscalizado pela Agência Reguladora de Saneamento (AGR).

Não é à toa que é chamada de Cidade Azul. O escritor, político e jornalista catarinense Virgílio Várzea, encantado com a beleza do rio refletindo o céu e as montanhas azuladas no entorno atribuiu o dístico à cidade: “o rio passa, serpenteando, e no seu rastro de prata, banha a cidade azul…”. O mesmo rio que encantou o poeta também causou destruição na catastrófica inundação de março de 1974, e deixou marcas profundas na história da região.

Apesar do marco histórico, o rio dá vida à cidade, seja pelas belezas naturais ou por possibilitar que todos os tubaronenses tenham acesso à água. “As pessoas daqui valorizam os recursos naturais e cuidam, o que é mais importante. Atitudes que ficaram ainda mais evidentes com a implantação do sistema de esgoto, quando mesmo com o transtorno que qualquer obra propicia, obtivemos o apoio dos cidadãos”, conta o diretor da Tubarão Saneamento, Paulo Canalles.

O novo Ranking do Saneamento, publicado em 2021 pelo Instituto Trata Brasil, com dados de 2019, confirma que o país não dispõe de serviços de água tratada para quase 35 milhões de habitantes, sendo 5,5 milhões nas 100 maiores cidades, e ainda, cerca de 100 milhões de pessoas sem acesso à coleta de esgotos, sendo 21,7 milhões nesses maiores municípios. O Brasil ainda não trata metade dos esgotos que gera (49%), o que representa jogar na natureza, todos os dias, 5,3 mil piscinas olímpicas de esgotos sem tratamento.

“Enquanto o país segue com esses dados, há alguns anos, a cidade de Tubarão caminha na contramão, apoiando investimentos que devem promover um futuro com mais saúde e qualidade de vida, reduzindo a evasão escolar, doenças relacionadas a falta de saneamento, elevando a qualidade contribuindo com a preservação do meio ambiente e tantas outras melhorias que serão usufruídas, principalmente, pelas próximas gerações, pelos nossos filhos, netos e pelos filhos e netos deles. É o exemplo que deixará um legado de visão sustentável. Como sabemos, o exemplo modifica, arrasta multidões”, evidencia Canalles.

O contrato da companhia é de 30 anos (até 2042) e, nesse período, a concessionária tem como objetivo melhorar o fornecimento de água, modernizar os serviços de atendimento ao cliente e implantar o sistema de coleta e tratamento de esgoto. Destes, já oferece água tratada para mais de 40 mil famílias, o que compreende 100% da área urbana, mantém investimentos em tecnologias para modernizar e facilitar o atendimento ao cliente, e já disponibiliza coleta e tratamento de esgoto para mais de 25 mil pessoas, e esses podem evitar que quase 90 milhões de litros de esgoto cheguem no Rio Tubarão todos os meses. As obras continuam, até que atendam amplamente aos tubaronenses.

“Nem todos que trabalham na nossa empresa são naturais de Tubarão, mas escolheram a Cidade Azul pelos benefícios que ela e a região oferecem. Acreditamos que temos muito a contribuir e, por isso, assumimos um compromisso com as pessoas. Desejamos que Tubarão cresça dia a dia, e que aqueles que aqui vivem, tenham ainda mais orgulho da cidade que estão ajudando a desenvolver”, homenageia o diretor.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul