Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Tubarão, adere à campanha internacional que incentiva os profissionais de saúde a ampliar o contato com o paciente e ouvir seus anseios.

Tubarão

Quando você se depara com um profissional de saúde, geralmente a pergunta principal é: “qual o problema?” e assim inicia uma lista de lamentações. Com o objetivo de estimular conversas mais significativas entre profissionais de saúde e pacientes e aprimorar o cuidado de saúde e assistência social por meio do ato de ouvir, o Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), acompanhado dos demais profissionais das Casas de Saúde da Associação Congregação de Santa Catarina (ACSC) participaram pela segunda vez da campanha internacional “O que importa para você”? (“What Matters to You?”), ação realizada pelo instituto norte-americano Healthcare Improvement, desde 2010.

Durante a ação realizada nessa terça-feira, os profissionais conversaram com os pacientes, nas casas de saúde, escolas, asilos e perguntaram: “O que importa para você”? Ouviram, e em conjunto elaboraram alternativas para pôr em prática os pedidos.

De acordo com os profissionais, o intuito é melhorar o cuidado e consequentemente a assistência, por meio de um melhor entendimento das necessidades que importam na vida das pessoas. “Esta percepção é crucial para que os pacientes construam uma relação de confiança com o paciente e adeque o cuidado às necessidades e anseios daquela pessoa, ajudando-a a seguir em frente”, afirmam os especialistas.

Atenção aos pacientes é reforçada
Um exemplo seria o relato de uma paciente do setor de oncologia que participou da campanha. “O que importa para mim neste momento é o meu bem-estar, e gostaria muito que cortassem o meu cabelo”, relatou. Segundo as gerentes de enfermagem Marcia Rita Spessatto e Marli Rafael Joaquim, quando você conversa sobre o que realmente importa para as pessoas, isto ajuda o profissional de saúde a fazer seu trabalho de forma efetiva, contribuindo para que a outra pessoa perceba a sua importância no meio ao qual ela está inserida. “O cuidado centrado na pessoa requer atenção plena às necessidades humanas básicas do paciente. Participar deste movimento é sem dúvida contribuir com a redução do sofrimento, assistência segura e fazendo a diferença no cotidiano dos pacientes”, salientam as gerentes.

Origem da campanha
Em inglês, “What matters to you?”, é uma ideia que surgiu primeiramente em um artigo publicado em 2012 no renomado jornal científico The New England Journal of Medicine. Nele, os autores discutem a importância de um cuidado centrado na pessoa, que respeite os valores e a individualidade de cada um, invertendo o foco da preocupação de “qual é o problema?” para “o que importa para você?”. A ideia foi se espalhando, tornando-se uma campanha internacional promovida pela organização norte-americana Institute for Healthcare Improvement. Em 2014, a Noruega criou um dia para promover a ação, 6 de junho, que acabou se tornando a data oficial da campanha.