A arritmia cardíaca é uma condição caracterizada pela falta de ritmo nos batimentos do coração. Ela pode ser sintoma de algum problema (físico ou psicológico) para o organismo ou fruto de um desequilíbrio do próprio órgão.

Dentro das arritmias, existem as taquicardias (quando o ritmo é acelerado) e as bradicardias (quando a cadência é lenta demais). Ambas podem se agravar e levar ao colapso do coração.

O quadro cobra investigação médica, porque compromete o bombeamento do sangue para o corpo e chega a levar, em casos extremos, à morte súbita. A arritmia cardíaca mais prevalente na população é a fibrilação atrial, marcada por uma falha na condução dos estímulos elétricos que fazem o músculo cardíaco bater.

Aí, em vez de contrair e relaxar, o órgão fibrila, ou seja, fica apenas tremendo.

Sintomas da arritmia cardíaca

.Palpitações no coração, que duram de 

.segundos a semanas

.Queda de pressão

.Fadiga

.Falta de ar

.Desmaios

.Enjoos e vertigem

.Fatores de risco

.Tabagismo

.Sedentarismo

.Sobrepeso e obesidade

.Apneia do sono

.Exageros na ingestão de bebidas alcoólicas

.Distúrbios de tireoide

.Hipertensão

.Diabetes

.Estresse

.Predisposição genética