O turismo esportivo é um forte atrativo na região de Imbituba  -  Foto:Cláudio Lima/Divulgação/Notisul
O turismo esportivo é um forte atrativo na região de Imbituba - Foto:Cláudio Lima/Divulgação/Notisul

Imbituba

A afirmação é do presidente da Federação de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Santa Catarina (Fhoresc), Estanislau Bresolin, referente à projeção do governo do estado, recentemente divulgada de um aumento de 30% a mais de turistas que no verão passado, com a expectativa da chegada de oito milhões de visitantes. “Neste ano, as reservas ocorrem de forma antecipada. A expectativa é que seja melhor que em 2014. Até agora, o estado divulga que 8 milhões de turistas passem por Santa Catarina, mas acredito que este número esteja ultrapassado”, destaca. 

Mesmo com uma temporada mais curta, a crise econômica assolando o país e o dólar em alta, Bresolin é mais otimista. “No sul do estado, a procura será crescente por causa de diversos fatores, a duplicação da BR-101, a ponte de Laguna e outras melhorias. Mas o principal fator é a valorização do dólar e a desvalorização do real. Isso motivou os turistas internacionais a virem para o Brasil e os brasileiros a conhecerem melhor o país”.

“A expectativa é a melhor possível porque o Carnaval vai ser mais cedo, então as pessoas costumam estender a estadia, as reservas e o tempo na praia se completam mais. Esperamos tempo bom, a cada verão aumenta o número de visitantes. Temos o turismo de esporte que é muito forte na região”, explica o coordenador do Núcleo de Turismo da Associação Empresarial de Imbituba/Barra de Ibiraquera, Kleber Marques.

Para o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel/SC), Fábio Quieroz, nesta temporada o brasileiro sairá menos e os turistas internacionais virão mais para o país. “As reservas nos hotéis estão em crescimento e a expectativa é que para as festas de fim de ano e Carnaval ocorra um acréscimo de 20% em relação ao ano passado”.