Com tantos alimentos a nossa disposição, escolher opções saudáveis está cada vez mais difícil. Por isso, orientar as crianças sobre as escolhas certas é uma boa alternativa. Em 31 de agosto é comemorado o Dia do Nutricionista, um profissional que ganha cada vez mais importância quando o assunto é alimentação saudável.

Os mais de 500 mil estudantes da rede pública estadual recebem este cuidado e informações sobre alimentação em projetos desenvolvidos pelas empresas que fornecem refeições para as escolas, em parceria com a Secretaria de Estado da Educação.

Todas as refeições servidas nas escolas são planejadas por nutricionistas e executadas por empresas especializadas, que buscam introduzir os alimentos adequados na dieta dos estudantes e lidar com questões como obesidade, desnutrição e maus hábitos alimentares. Tanto a falta de comida quanto o excesso, especialmente de alimentos industrializados e altamente processados, podem interferir no rendimento escolar das crianças, que precisam estar bem alimentadas para alcançar um bom nível de aprendizagem.

É o equilíbrio entre os nutrientes essenciais para essa fase escolar que os nutricionistas da Nutriplus buscam levar em cada prato preparado, pois eles têm a consciência de que, em alguns casos, os alimentos servidos na escola se tornam a principal refeição diária da criança. “As crianças e os adolescentes requerem uma orientação maior na escolha dos alimentos quando comparados aos adultos. A refeição balanceada da escola fornece oportunidades excelentes para o desenvolvimento de hábitos alimentares saudáveis. E nós, nutricionistas contribuímos para essa formação”, destaca o nutricionista e coordenador de Projetos da Nutriplus, Guilherme Barbieri.

Além de preparar e servir as refeições nas escolas, as empresas especializadas são responsáveis por cuidar de dietas especiais. Assim, alunos com diabetes, intolerância a glúten ou a lactose, entre outras necessidades específicas, recebem refeições conforme as restrições alimentares que apresentam.

Outra função assumida pelos nutricionistas, em conjunto com a unidade escolar, é a de ensinar aos estudantes a importância dos alimentos saudáveis. Por meio de campanhas e projetos educacionais, as equipes trabalham a conscientização e o engajamento das crianças em prol de uma alimentação rica em sabor e em nutrientes, com menos açúcares, gordura e químicos como conservantes.