O curso de formação para os novos delegados da Polícia Civil de Santa Catarina começou nesta segunda-feira pela manhã. Os 34 aprovados em concurso público que atenderam à convocação se apresentaram para a posse e foram recepcionados pelo governador Carlos Moisés na sala de cinema do Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis. Eles irão frequentar aulas durante seis meses antes de iniciar os trabalhos. O delegado-geral de Polícia Civil, Paulo Koerich, e o presidente do Colegiado Superior de Segurança Pública e Perícia Oficial, coronel Araújo Gomes, também deram as boas-vindas aos servidores.

Durante a recepção, Moisés cobrou transparência e retidão por parte dos novos delegados, independentemente das circunstâncias. “Também já trabalhei por 30 anos na segurança pública e sei exatamente os desafios que os novos delegados vão enfrentar no dia a dia, e todos sabem da responsabilidade que têm. Vale a pena sempre fazer a coisa certa, este é o primeiro apelo que faço”, afirmou o governador. Moisés também pediu que os novos servidores sejam parte do processo de integração entre as forças de segurança pública.

A partir de agora, os futuros delegados serão submetidos a um treinamento intenso na Academia da Polícia Civil (Acadepol) em disciplinas relacionadas à atividade que vão exercer, como investigação policial, técnicas operacionais, defesa pessoal, condicionamento físico, direitos humanos, gestão e administração. As aulas na Acadepol estão previstas para seguir até o dia 20 de dezembro de 2019. Os delegados serão distribuídos nas comarcas conforme a demanda verificada ao término do curso de formação.