Representantes da sociedade civil estão convocados para compor o novo grupo do Conselho Municipal de Política Cultural (CMPC). A eleição ocorre às 19 horas, na Câmara de Vereadores

Imbituba

Com o intuito de preservar e dar continuidade aos segmentos artísticos, históricos e culturais de Imbituba, o Conselho Municipal de Política Cultural (CMPC) fará a eleição do novo grupo de conselheiros para o biênio 2017/2019. Os integrantes são eleitos democraticamente conforme regulamento. A escolha ocorre amanhã, a partir das 19 horas, na Câmara de Vereadores.
Evento contará com a palestra “Casa de Areia: Paisagem, memória e políticas do esquecimento”. De acordo com o palestrante, o professor do Instituto Federal de Santa Catarina (Ifsc), graduado em História e Mestre em Desenvolvimento Regional, Viegas Fernandes da Costa, a palestra irá discutir a “memória e os processos de patrimonialização enquanto mecanismos de produção de empoderamento, mas, também, de esquecimento, procurando olhar para a realidade do município de Imbituba”.
A representação da sociedade civil no conselho deve contemplar os diversos segmentos artísticos e culturais, considerando as dimensões simbólica, cidadã e econômica da cultura, na sua composição. O eleitor/candidato deverá efetuar sua inscrição no dia, hora e local da eleição, apresentando os documentos exigidos no Edital Eleição CMPC N.º 01/2017, publicado no Diário Oficial dos Municípios, em 21 de março de 2015.
Segundo a presidente da comissão eleitoral do CMPC Glaucia Maindra, é de extrema importância que a comunidade participe. “É necessário que a sociedade se inscreva para participar do conselho, pois é a forma mais legal que temos de reivindicar melhorias na cidade, tanto para os editais de fomento a cultura quanto pelas leis que podem ser criadas em benefício da classe cultural e do acesso da cultura a todos”, salienta.
Adendo: Representantes serão escolhidos por setores
De acordo com o edital, os membros titulares e suplentes representantes da sociedade civil serão escolhidos em plenárias específicas para cada um dos três setores, sendo: Azul – áreas técnico-artísticas voltadas à cultura; Verde – áreas do patrimônio cultural; e vermelho – entidades fomentadoras de atividades e/ou pesquisas na área da cultura.

Para participar da eleição
Os eleitores precisam ser maiores de 16 anos, mas só poderão concorrer como candidatos os maiores de 18. No evento, os participantes vão receber o formulário de Cadastro Cultural do Município, que necessita ser preenchido e entregue no ato de inscrição, assim como apresentar o original do documento oficial de identificação que contenha fotografia, além de cópia do comprovante de endereço ou declaração que confirme sua residência e domicílio em Imbituba.