O novo secretário Estadual da Saúde, André Mota Ribeiro, esteve reunido, por videoconferência, com os representantes das associações municipais de Santa Catarina. O encontro foi realizado na tarde desta terça-feira (12) e teve como foco, o pedido de união aos municípios nas ações de combate a Covid-19.

Essa foi a principal preocupação de André Mota Ribeiro, que é médico há 30 anos e se apresentou como secretário, pela primeira vez, aos representantes das associações municipais. Mota Ribeiro elencou outros pontos, também considerados fundamentais, e que serão revistos pelo Estado nos próximos dias.

“Em breve, iremos apresentar o modelo epidemiológico e sanitário de Santa Catarina. Também discutiremos a alocação de recursos, bem como, o monitoramento e a instrumentalização dos municípios catarinenses”, disse o André Mota Ribeiro.

Durante a videoconferência, o secretário fez questão de anunciar que o Estado irá disponibilizar, com mais frequência, os dados referentes a Covid-19 em Santa Catarina. Nos últimos tempos, este foi um dos principais questionamentos feitos pelos representantes das associações municipais.

Santa Catarina registrou, até a tarde desta terça-feira (12), 3.429 casos confirmados e 65 mortes pelo coronavírus. Segundo André Mota Ribeiro, mesmo diante dos números preocupantes, o Estado chega ao 65º dia de achatamento da curva de contágio. “Mas, não podemos relaxar, já que o momento é perigoso. Precisamos fortalecer o isolamento social”, reiterou o Secretário de Estado da Saúde.

Para o Prefeito de Imbituba e Presidente da Associação dos Municípios da Região Lagunar, Rosenvaldo da Silva Júnior, a reunião com o novo secretário foi muito produtiva. O líder da Amurel reforçou, ainda, o pedido de união, por parte do Estado, para as ações de combate a Covid-19.

“O secretário se comprometeu em manter uma linha de diálogo mais aberta e frequente com os municípios. Este sempre foi um de nossos pleitos. Assim, saberemos o que está sendo planejado e o que, efetivamente, será feito em nossa região”, disse Rosenvaldo da Silva Júnior.