A obra foi planejada para satisfazer um possível crescimento no bairro Km 60 e mediações  -  Foto:Divulgação/Notisul
A obra foi planejada para satisfazer um possível crescimento no bairro Km 60 e mediações - Foto:Divulgação/Notisul

Tubarão

Foi uma longa espera, porém ao que parece tudo voltou à normalidade na Escola de Educação Básica Sagrado Coração de Jesus, no Km 60, em Tubarão. Ontem, a unidade de ensino foi entregue à comunidade escolar após quatro anos e meio interditada.

A unidade foi interditada em função de problemas na estrutura em 2012. As obras de reforma e ampliação iniciaram em 25 de fevereiro do ano passado, com um prazo de 540 dias para a finalização. Em junho deste ano, em uma assembleia entre pais, foi decidido não mandar os filhos à Escola Senador Francisco Benjamim Gallotti, sob alegação da falta de segurança no trajeto. As famílias também fecharam a rodovia em protesto. Cerca de 350 crianças e adolescentes estavam adaptados na escola estadual no bairro Oficinas.

Conforme a diretora da instituição, Sarita Souza de Mello da Cunha, a espera valeu a pena. “Estamos todos contentes, professores, funcionários, pais e alunos. Ficou tudo muito bonito, espaçoso e enfim voltamos para a casa. Agora temos que cuidar do patrimônio, realizar um bom trabalho e esperar dos nossos alunos um bom resultado de aprendizagem”, destaca.

A obra foi financiada pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), por meio do Pacto por Santa Catarina. O projeto previu a reforma em uma área de 1.358,23 metros quadrados e a ampliação de 198,44 metros quadrados, além de uma quadra.