#Pracegover Foto: na imagem há um livro
#Pracegover Foto: na imagem há um livro

O conhecimento literário sobre Anita Garibaldi será ampliado no ano do seu bicentenário. Na próxima quarta-feira, 19, o Instituto Cultural Anita Garibaldi (CulturAnita) lança a edição trilíngue de “Una Rosa per Anita”, impressa com auxílio da Alesc e do Edital Elisabete Anderle.

A obra é uma atualização do original italiano e traz tradução dos textos para as línguas portuguesa e espanhol. Além de ser intitulada como “Dois Mundos e Uma Rosa para Anita”.

O livro original falava apenas sobre a Rosa de Anita, explicando as razões de sua criação e adoção como símbolo dos 200 anos. Na edição trilíngue, novos conteúdos foram adicionados.

“Além de uma árvore genealógica dos ascendentes e descendentes de Anita, o livro também contém uma cronologia histórica da heroína e os poemas de Garibaldi sobre ela, extraídos de suas memórias. O leitor vai poder conhecer os verdadeiros traços fisionômicos de Anita, lendo o artigo ‘Como era Anita’ que contém uma reconstituição digital baseada em relatos históricos”, detalha Adílcio Cadorin, diretor do CulturAnita.

Entre os textos que compõem as 270 páginas, Andrea Antonioli (diretor do Museu Renzi) e Giampaolo Grilli discorrem sobre a construção do “mito” Anita, enquanto que a bisneta da heroína, Annita Garibaldi, faz um longo relato acerca da “primeira Anita”.

Antonioli e Cadorin organizaram a obra, com contribuição textual de Grilli, Annita Garibaldi, Alessandro Ricci e Giovanni Tesei, e poesia de Maria Gabriella Conti. O livro tem apresentações de Dario Franceschini (ministro dos Bens e Atividades Culturais da Itália), Andrea Belluzzi (secretário de Estado de San Marino), Júlio Garcia (ex-presidente da Alesc) e outras autoridades nacionais e internacionais.

O lançamento vai ocorrer em evento presencial, apenas para convidados. A obra, porém, já se encontra em pré-venda no site do instituto (culturanita.org.br/loja) e poderá ser adquirido na sede da entidade, na Rua Raulino Horn, 174, Centro Histórico.

Bicentenário de Anita une quatro países

Simbolizado através do híbrido de uma rosa criada na Itália, o projeto visa unir quatro países para comemorar e homenagear a memória e os feitos da catarinense Ana Maria de Jesus Ribeiro (Anita Garibaldi).

Nascida em agosto de 1821, ela foi uma jovem à frente de seu tempo que bravamente lutou pelos ideais republicanos ao lado de seu marido, Giuseppe Garibaldi, destacando sua coragem nas diversas batalhas em que participou em defesa dos ideais republicanos, no Brasil, Uruguai e Itália. Esses feitos a tornaram a heroína dos dois mundos.

“Entre seus objetivos, além de preservar e difundir a memória e a história, o projeto também pretende promover o turismo internacional, de caráter histórico, cívico e cultural em todas as cidades dos quatro países que aderirem ao projeto, compondo um roteiro internacional para realização de diversos atos que deverão acontecer, sempre em comemoração ao bicentenário”, explica o presidente do CulturAnita, Leo Felipe Nunes.

O Bicentenário de Anita Garibaldi tem coordenação do Museu e Biblioteca Renzi, na Europa, e do Instituto CulturAnita, para a América do Sul. O projeto conta com apoio de cidades catarinenses, gaúchas, italianas, uruguaias e são-marinenses.

Sobre a Rosa de Anita

O híbrido-símbolo das comemorações foi criado pelo botânico italiano Giulio Pantoli (morto em 2018), que se inspirou na figura de Anita Garibaldi para desenvolver a rosa.

Na Itália, os direitos de reprodução da rosa estão com o Museu Renzi, que franqueou autorização para que o CulturAnita pudesse clonar e distribuir o híbrido no Brasil e na América do Sul.

Os brotos foram trazidos no final de 2018 para o Brasil e adaptados à realidade climática do país pelo botânico Leonardo Borges, de Laguna. Em agosto de 2019, foram iniciados os plantios das primeiras rosas geradas em Imbituba, Laguna e Tubarão e em 2020, nas cidades de Florianópolis, Garopaba, Curitibanos, Anita Garibaldi e Lages.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul