Até o próximo mês, a Rua da Piedade terá o sentido alterado no trecho próximo à Catedral Diocesana   -   Foto:Silvana Lucas/Notisul
Até o próximo mês, a Rua da Piedade terá o sentido alterado no trecho próximo à Catedral Diocesana - Foto:Silvana Lucas/Notisul

Priscila Loch
Tubarão

Novas mudanças serão implantadas no trânsito de Tubarão, provavelmente até o Natal. A proposta visa garantir mais fluidez ao tráfego de veículos, especialmente nos horários de pico. A primeira delas, prevista para esta semana, será a transformação da rua Augusto Severo (paralela à Rui Barbosa) em mão única, no sentido avenida Marechal Deodoro (beira-rio).

Outra alteração será a volta da mão dupla à rua dos Ferroviários, no trecho entre as avenidas Altamiro Guimarães e Marechal Deodoro. A implantação da mão única no sentido beira-rio ocorreu em abril, mas não surtiu o efeito esperado, explica o secretário de segurança e patrimônio da prefeitura, Claudemir da Rosa. 

A terceira modificação ocorrerá no centro da cidade. A permissão de mão dupla no trecho da rua Felipe Schmidt (da prefeitura), no pequeno  trecho entre a avenida Rodovalho e a rua da Piedade, provocou muitas críticas, já que quem entrar na Piedade (ao lado da prefeitura) logo à frente terá como única rota retornar à Rodovalho. Essa decisão polêmica terá mais sentido assim que a Piedade passar a ter o sentido inverso entre a São Manoel (que desce para o calçadão) e a 15 de Novembro (lateral da Catedral). Hoje, o fluxo é no sentido da descida e passará a ser de subida assim que for colocada uma ilha de contenção para evitar que os motoristas que sobem a Rua Coronel Colaço convertam à esquerda. O estacionamento neste trecho da Piedade deve ser proibido e também não será permitido atravessar a 15 de novembro com destino à comunidade da Toca.

Também é certo que a rua Senador Richard (da Rádio Tubá) passará a ter mão única, uma necessidade antiga, em decorrência do grande movimento de veículos, principalmente quando há missas. Porém, ainda se estuda qual o sentido será mantido.