Massa de ar frio e baixa umidade são desafios para saúde dos brasilienses.

Uma nova frente fria, que se aproxima de Santa Catarina a partir da quinta-feira (26), deve “virar” o tempo provocando instabilidade e pancadas de chuva. As temperaturas, no entanto, devem permanecer amenas.

Segundo o meteorologista Piter Scheuer, esta terça-feira (24) e quarta-feira (25) ainda serão marcadas por tempo bom, com predomínio do sol e poucas nuvens, além de temperaturas mais altas, com máximas próximas dos 27°C e 28°C. O friozinho é registrado no início da manhã e nas madrugadas.

Na quinta, a aproximação da frente fria favorece o aumento de nebulosidade ainda pela manhã nas áreas do Grande Oeste. Há chance de pancadas de chuva com e sem trovoadas entre o final da tarde e a noite.

As chuvas devem ocorrer no Oeste, Meio-Oeste, Serra e Sul do Estado, sobretudo, em cidades que fazem divisa com o Rio Grande do Sul. Não há riscos de ocorrências meteorológicas.

Conforme a Defesa Civil estadual, nessas regiões, as temperaturas variam de 15°C pela manhã e 24°C à tarde.

Já no Centro-Leste, o sol ainda predomina na maior parte do dia, e por isso, as temperaturas ficam mais elevadas. Entre o Litoral e o Vale do Itajaí, as máximas oscilam entre 24°C e 28°C.

Na sexta-feira (27), Scheuer diz que a frente fria deixará o céu nublado com nuvens ocasionais. O tempo ficará instável, com chuva alternada com períodos curtos de melhora.

“As projeções indicam que essa frente fria é estacionária, ou seja, tem o deslocamento muito lento. A contribuição do fluxo de ar quente e úmido e que vem da floresta Amazônica faz com que as nuvens fiquem mais carregadas em Santa Catarina”,  explica o meteorologista.

Vai ficar frio?

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) afirma que não é esperado um frio intenso, como o que ocorreu na semana passada em SC, nos próximos dias.

Piter Scheuer diz que na semana do dia 30 de maio, o frio ainda está indefinido. A frente fria que se desloca lentamente ainda pode trazer impactos, deixando o céu nublado.

“Provavelmente, a temperatura mínima não vai diminuir muito. Só se as projeções mudarem, mas, por enquanto, tudo indica um frio ‘normal’ e temperaturas dentro do padrão”, esclarece Scheuer.

Segundo ele, existe a possibilidade de geada a partir da metade da próxima semana. Contudo, frio mais intenso deve se concentrar no Rio Grande do Sul. Por ora, não há previsão de neve e chuva congelada em Santa Catarina.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: NDMais