#Pracegover Foto: na imagm há um homem, uma caneta, folhas, cadeira e mesa
#Pracegover Foto: na imagm há um homem, uma caneta, folhas, cadeira e mesa

Há algumas semanas, a situação nos hospitais de Santa Catarina é considerada preocupante e alarmante. Não há vagas na maioria das instituições de saúde. Leitos de UTI estão lotados, assim como, os setores destinados ao isolamento para os pacientes com a Covid -19.

Na região, os hospitais, Nossa Senhora da Conceição, de Tubarão, Senhor Bom Jesus dos Passos, de Laguna, Santa Terezinha, de Braço do Norte, e, São Camilo, de Imbituba, vivem situações semelhantes.

Alas lotadas, redução de materiais de trabalho e profissionais de saúde esgotados. Na última semana, o Diretor Técnico do Hospital São Camilo, Jaime Ribeiro Freitas, enviou uma carta ao Poder Público Municipal, solicitando o fechamento das atividades não essenciais por, até, 14 dias.

A intenção, segundo o médico, é tentar conter o avanço da Covid-19 e diminuir a lotação nos hospitais. “Em nosso município, a ala de enfermaria (isolamento Covid) encontra-se com 100% de ocupação, assim como a UTI. Além disso, há grande dificuldade na obtenção de insumos, como, medicamentos para procedimentos de intubação e sedação”, relatou Jaime Ribeiro Freitas.

O prefeito de Imbituba, Rosenvaldo da Silva Júnior, afirma que, o pedido, só reforça a gravidade da situação e a preocupação dos profissionais em relação aos atendimentos. “A situação não é diferente no restante dos municípios. Nossa capacidade está saturada. Precisamos conter os novos casos. Eu acredito que sejam necessárias posturas mais rígidas”, enfatizou o prefeito Rosenvaldo Júnior.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul