Imbituba
 
O primeiro atendimento a uma vítima pode garantir que nenhum dano maior aconteça ou mesmo evitar a morte. O Conselho de Autoridade Portuária (CAP) do Porto de Imbituba conheceu o Plano de Ajuda Mútua, que prevê treinamentos e uma parceria com o Corpo de Bombeiros. 
 
O responsável pelo plano, o bombeiro militar Antônio Roz de Souza, reforçou a importância de todas as empresas que operam no porto terem pessoal capacitado para seguir os procedimentos de segurança e atuar como primeira frente de ação em casos de acidentes, emergências e sinistros.
 
“O porto já tem seu plano. O conselho tem participado das reuniões para que não fique apenas no papel, sem que tenhamos treinamento”, planeja  o presidente do CAP, Gilberto Barreto. O plano envolve a Polícia Militar e os bombeiros.