Palhoça

Os aprovados no concurso público de 2014 de auxiliar criminalístico para o curso de formação foram convocados pelo Instituto Geral de Perícias (IGP). Os selecionados deverão comparecer no dia 19 de novembro na 1ª Gerência Mesorregional de Perícias, em Palhoça, às 7h.

De acordo com representantes do IGP, os 15 funcionários já foram nomeados, no entanto, não realizaram o curso de formação. As aulas serão ministradas entre os dias 19 e 30 de novembro.
Os servidores que não puderem comparecer terão que  apresentar justificativa de falta ou será considerado desistente.O curso de formação é obrigatório para poder exercer plenamente as funções referentes ao cargo de auxiliar criminalístico.

Em todo o Estado há 29 unidades do IGP. O quadro ideal de profissionais para exercer a função de perito criminal, por exemplo, deveria ser de 585, mas apenas 222 exercem a função. Há cinco anos, eram 22 em atuação na região Sul, agora apenas oito exercem o trabalho.

Recentemente, 51 pessoas foram aprovadas nas funções de perito oficial e técnico pericial, mas há dois possíveis impedimentos para a convocação imediata: a situação financeira do Estado, que tem sido usada como argumento para a negativa de qualquer chamamento de novos servidores, e as nomeações devido à legislação eleitoral. A expectativa da direção do IGP catarinense é que ao menos 20 funcionários sejam contratados. A remuneração desses novos peritos custaria quase R$ 1 milhão por mês.