#Pracegover foto: na imagem há pessoas fantasiadas, brinquedos e árvores
#Pracegover foto: na imagem há pessoas fantasiadas, brinquedos e árvores

As peças Hotel do terror e Halloween a bordo, serão apresentadas neste domingo (31) no Parque Ambiental Encantos do Sul, em Capivari de Baixo. Os espetáculos ocorrerão a partir das 19h. As apresentações são da oficina de teatro do parque. Os alunos são coordenados pela professora Fernanda Neves.

O Halloween, chamado de Dia das Bruxas no Brasil, é uma festa com temas sombrios e comemorada anualmente em 31 de outubro. A palavra Halloween é uma abreviação da expressão All Hallows’ Eve pela junção das palavras hallow, que significa ‘santo’, e eve, que significa “véspera”, pois ocorre no dia anterior à celebração do Dia de Todos os Santos.

A origem da festa do Halloween possui uma grande trajetória, visto ser praticada há mais de 3 mil anos. Ela surgiu com os celtas, povo que era politeísta e acreditava em diversos deuses relacionados com os animais e as forças da natureza.

Os celtas celebravam o festival de Samhain, o qual tinha a duração de 3 dias, com início no dia 31 de outubro. Nela, além de se comemorar o fim do verão, comemorava-se a passagem do ano celta, que tinha início no dia 1 de novembro.

Acreditava-se que nesse dia os mortos se levantavam e se apoderavam dos corpos dos vivos. Por esse motivo, eram usadas fantasias e a festa era repleta de artefatos sombrios com o intuito principal de se defenderem desses maus espíritos.

Mais tarde, durante a Idade Média, a Igreja começou a condenar o evento, e daí surgiu o nome “Dia das Bruxas”. Durante o Medievo, os curandeiros eram considerados bruxos e por se posicionarem contra os dogmas da igreja, eles eram queimados na fogueira.

Além das duas peças neste domingo, outras atrações temáticas comemorativas ocorrem neste dia 31. Às 15h, haverá o espetáculo de Perolinha Duo Circo, ao ar livre. Das 15h30 às 17h30, apresentação da banda Plano B.  Em seguida sobe ao palco a DJ Helena War, até as 18h30. Desde às 14 horas também haverá ações arqueológicas sob a responsabilidade da professora Bruna Cataneo Zamparetti, com a participação dos alunos do projeto Guarda Ambiental, desenvolvido pelo Parque.

Outro evento que ocorre a cada 15 dias é a feira de artesanato e neste domingo é dia de feira. Artesãos e artesãs de vários municípios da região voltam a demonstrar/vender seus produtos. A programação deste sábado (30) no parque foi cancelada devido ao mau tempo.