Um homem generoso de 73 anos decidiu pagar as contas de 36 famílias, para evitar o que aconteceu com ele em 1983, quando passou o Natal sem energia elétrica, nem aquecimento em casa.

Mike Esmond, que vive na cidade de Gulf Breeze, na Flórida, nos Estados Unidos, diz que nunca vai esquecer do Natal em que ele e suas três filhas passaram, um dos dias mais frios já registrados onde mora. Ele lembra que havia pingos de gelo pendurados na janela.

Por isso, quando recebeu as contas de luz, água e gás nesse mês e percebeu que a data estabelecida para o corte dos serviços dos clientes que não estavam em dia até 26 de dezembro, tomou uma atitude para evitar o sofrimento de dezenas de pessoas.

Esmond pediu, no início desse mês, a lista de todos que estavam em atraso e pagou todas as contas, evitando o risco de corte de fornecimento.

Dinheiro

O ato de solidariedade, compaixão e empatia custou a ele 4,6 mil dólares, cerca de 18,6 mil reais.

“Eu queria fazer algo que, na verdade, ajudaria as pessoas no Natal, que estão tentando decidir entre pagar as contas, ter algo cortado, ou comprar presentes para a família”, disse Esmond ao Pensacola News Journal.

Comunicado

Após o gesto, a cidade enviou cartões às famílias informando que Esmond havia pago as contas.

“É nossa honra e privilégio informar que sua conta de serviços vencidos foi paga pela Gulf Breeze Pools and Spas”, dizia o cartão”, disse a agência.

“Você pode descansar nesta temporada de férias, sabendo que tem uma conta a menos a pagar, concluiu.”