Na foto acima, a Banda Tubarão, na década de 80. Da esquerda para direita: Idalino Fretta, Guido Boabaid, Juca May, Deka May e Beto Ched.
Na foto acima, a Banda Tubarão, na década de 80. Da esquerda para direita: Idalino Fretta, Guido Boabaid, Juca May, Deka May e Beto Ched.

Carolina Carradore
Tubarão

Quem curtiu rock and roll nos anos 80 canta, ainda que se seja pelo menos o refrão, baladas como História de Amor, Vou conquistar seu Coração e por aí afora. As músicas que marcaram época na voz da banda Tubarão mais uma vez estarão em coro em uma apresentação do grupo, marcada para este sábado, na Arena de Verão Marawê Club, no porto de Laguna.

O show é uma comemoração aos 25 anos de formação da banda, completados no ano passado. O reencontro começou de brincadeira, com um show no El Divino, em Florianópolis. E foi os ‘meninos’ colocarem o pé no palco para o público saudosista pedir bis. Então, eles resolveram fazer uma mini turnê. Neste sábado, tocam em Laguna e depois farão shows em Tubarão e Criciúma.

Eles ficaram tão empolgados quanto o público. Agora, desejam encerrar a mini turnê no mesmo lugar em que começaram – na época, sob a assinatura de Ratones, nome que antecedeu Tubarão. A ideia é realizar o último show no Teatro Álvaro de Carvalho. Foi neste palco que os quatro meninos de Tubarão ganharam fama nacional, em 1983.
“Depois disso (o último show), penduramos as chuteiras”, anuncia o guitarrista Juca May. E é nesta despedida em grande estilo que o grupo quer colocar em prática o maior projeto: a gravação de um DVD ao vivo.

Na apresentação deste sábado, o Tubarão relembrará os sucessos que compuseram o LP que leva o nome da banda, lançado em 1989, pela BMG-Ariola. A formação original estará quase completa no show. Guido Boabaid assume os vocais e Juca May é acompanhado na guitarra por Murilo Valente – que substituirá Deka May – o baixista Rodrigo Audino, Beto Ched na bateria e Leco Hubbe nos teclados. Deka e Bibo Hubbe – que tocou por quatro anos na banda – prometem subir ao palco para uma ‘palhinha’.