Laguna

As paisagens sem par de Laguna, como está poetizado no hino da cidade, serviram como cenário para um ensaio fotográfico com intenção de reforçar a importância da luta contra o câncer de mama e fortalecer a união entre as mulheres para enfrentar esse mal.

As fotos são estreladas por 15 mulheres, de diferentes idades, que integram o grupo Flores de Aço, entidade criada há três anos e meio para apoiar mulheres, principalmente da região Sul de Santa Catarina, que estão ou que passaram pelo tratamento de câncer de mama. Os cliques foram feitos no último dia 18, nas docas do Centro Histórico e a praia do Mar Grosso.

“Esse foi um ensaio destinado a representar a paz, a vida após o câncer, e que mesmo depois dessa doença existe vida, alegria, e mulheres belas”, comenta a fundadora do grupo, Janaína Pures.

Ela afirma que cada uma das fotos é capaz de transmitir o sentimento de amor-próprio e de valorização da vida. “As lentes registraram cada particularidade, detalhe, beleza de cada uma, independentemente da idade, porque o câncer não tem idade ou classe social. O ensaio mostra para as pessoas que, depois de um tratamento, a vida continua”, comenta Janaína.

A visão dela é acompanhada por Nando Fostmemm, responsável por fazer as fotos. “Representa a superação, autoestima, vitória… O sorriso e a energia de todas as mulheres são notados em todas as fotos, e com certeza vai passar uma mensagem de superação para outras mulheres que estão passando por isso”, avalia o autor dos registros.

O grupo Flores de Aço é sediado em Tubarão e possui ramos em Criciúma e Florianópolis, e pode ser contatado pelas páginas nas redes sociais Facebook e Instagram. A entidade é aberta a mulheres que tenham ou não o diagnóstico de câncer.

Todas as terças e quintas-feiras, as mulheres se reúnem – em uma sala, das 14h às 18h, atrás da filial tubaronense do Banco do Brasil, na rua Coronel Cabral, 54 – para conversar, trocar experiências, e, principalmente, se apoiarem.