Uma jovem de 20 anos foi indiciada pelo crime de denunciação caluniosa após acusar o marido de 30 anos de ameaça e lesões corporais. A Polícia Civil de Chapecó concluiu as investigações nesta quinta-feira, dia 24. O caso ocorreu no próprio município.

 

Segundo as autoridades, a mulher procurou a Polícia Civil narrando ter sofrido ameaças e lesões corporais praticadas pelo marido. Mas uma perícia não constatou as lesões alegadas pela vítima, que logo caiu em contradições durante o depoimento e confessou ter mentido.

A polícia informou que a jovem discutiu com o marido e, com medo de que ele a deixasse, resolveu procurar a delegacia para informar os crimes que não ocorreram. Indiciada por denunciação caluniosa, ela pode pegar de dois a oito anos de prisão.

“A denúncia falsa aciona os órgãos policiais desnecessariamente e gera  perda de tempo, recursos humanos e materiais que poderiam ser empregados para ajudar vitimas que correm risco real de sofrer agressões e até de vida”, destacou a Polícia Civil por meio de nota.