Movimentação pelo Brasil
Movimentação pelo Brasil

A greve dos caminhoneiros em função da alta dos combustíveis aumentou e agora Maracajá registra novo manifesto. Segundo a Polícia Rodoviária Federal – PRF de Araranguá, o impedimento de caminhões no trecho da BR-101 aconteceu durante a madrugada desta terça-feira (22), próximo ao Posto Simon, no km 402, no bairro Vila Beatriz.

“Eles colocaram fogo e fizeram com que os motoristas de caminhões entrasse no pátio do posto de combustíveis. Mesmo com o movimento, eles respeitam os demais motoristas, inclusive mantendo o acesso ao posto para abastecimento”, relata a funcionária de um posto de combustíveis localizado próximo do manifesto.

“É quase nulo o movimento de caminhões na rodovia federal. A mobilização dos motoristas perdurou durante toda a noite, inclusive aqui em Araranguá hoje o movimento já acontecia. Com o fechamento nos dois sentidos na BR-101 em Três Cachoeiras/RS, o trânsito de caminhões entre os dois estado praticamente inexiste. Continuamos acompanhando.”, relata o policial Wagner da PRF de Araranguá.

No trecho de Tubarão, o manifesto acontece 342, no bairro São Cristóvão. Caminhoneiros também são convidados a pararem seus veículos em um posto de combustíveis próximo do local. A manifestação também se manteve durante a madrugada.

Em Imbituba e Jaguaruna, dezenas de tratores continuam ocupando postos de combustíveis às margens da BR-101. Na cidade portuária, o manifesto acontece sob o viaduto, entroncamento da SC-437 com a rodovia federal. O local é utilizado de acesso ao porto. Segundo comerciantes locais, nenhum caminhão entra ou sai da cidade portuária pelo menos no acesso Norte.

Em Jaguaruna, os manifestantes retomaram o movimento na manhã desta terça (22). A interdição acontece no km 354, próximo ao Posto Nápoli. Caminhões se aglomeram no pátio do posto, juntamente com tratores.