Morreu na manhã deste domingo (6), a atriz Camila Amado. Ela estava com 82 anos e lutava contra um câncer no pâncreas.

Ano passado, Camila Amado foi diagnosticada com covid-19, mas havia conseguido se recuperar da doença. A atriz nasceu no Rio de Janeiro e iniciou a vida artística em 1969, na novela “Um Gosto Amargo de Festa”, da TV Tupi.

Camila teve atuações de destaque em produções como “Tapas & Beijos”, “A Casa das Sete Mulheres”, “Sítio do Pica pau Amarelo” e “Cordel Encantado”. O último trabalho de atriz em TV aberta foi, em agosto de 2019, quando interpretou a tia Candoca, na novela “Éramos seis”, da Rede Globo.

Além da TV, Camila atuou no cinema. Alguns dos filmes que tiveram sua participação foram “O Casamento”, “Quem Tem Medo de Lobisomem?”, “Copacabana”, “Verônica”, “Eu e Meu Guarda”, entre outros.

Nas redes sociais, familiares, amigos e artistas lamentaram a morte de Camila. A atriz deixa dois filhos, Rafaela e Rodrigo Amado, frutos do seu primeiro casamento com o jornalista Carlos Eduardo Martins.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul