O ator João Acaiabe, de 76 anos, veio a óbito na noite desta quarta-feira (31), vítima da covid-19. De acordo com familiares, ele recebeu o diagnóstico no dia 15 de março. Nesse dia começaria a vacinação para a faixa etária do ator no estado de São Paulo.

Em comunicado, a família destacou a trajetória dele como artista e também como ativista político. “João Acaiabe é não apenas um ator de teatro, TV, cinema, contador de histórias, diretor, locutor de muito talento, mas uma das pessoas mais amorosas, generosas, sensíveis, que temos o privilégio de conhecer. Pai, amigo, avô, companheiro e tio amoroso. Guerreiro que sempre combateu o bom combate, seja no posicionamento político, seja no engajamento pela luta contra o racismo.”

Entre os papéis de maior destaques interpretados por ele, estão o Tio Barnabé, na série Sítio do Picapau Amarelo, exibida na Rede Globo de Televisão, e pelo chef Chico, na novela Chiquititas, do SBT. Acaiabe estava internado em hospital da rede Prevent Senior, em São Paulo. Diversas manifestações de carinho e admiração foram publicadas nas redes sociais do ator.

“Guardarei no coração tudo o que vivemos e a referência que você é para a nossa família! Gratidão, meu pai. Que os espíritos de luz te recebam em Aruanda até a gente se encontrar novamente, porque almas gêmeas nunca se separam”, escreveu a filha Thays Acaiabe.

A atriz Giovanna Grigio, que atuou com ele em Chiquititas, destacou a generosidade de Acaiabe. “Era meu primeiro teste pra Chiquititas, eu estava muito nervosa e você me chamou pra ensaiar. A gente passou texto várias vezes juntos e foi amor à primeira cena. Ter você como professor e amigo, escutar suas histórias, aprender com você… Com certeza foram dos maiores privilégios da minha vida!”, relembrou.

 

Fonte: Agência Brasil

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul