Morreu no domingo (24) o ator D’Artagnan Júnior, casado com a escritora Maria Carmem Barbosa. A notícia foi publicada por Miguel Falabella, amigo do casal, pelo Instagram. O velório será no Cemitério do Caju, Zona Portuária do Rio de Janeiro, amanhã (26), às 13h, e o corpo será cremado às 16h.

“Querido Dartagnan, obrigado pelas gargalhadas, pelos bons momentos que passamos juntos. Finda-se uma era. Que bom que Maria Carmem não pode atravessar a dor dessa perda. Ela não suportaria. Até breve! RIP”.

Segundo Miguel Falabella, Dartagnan, de 64 anos, tinha Hepatite C e sofria em pancreatite e estava internado em um hospital do Rio.

— Graças a Deus, Maria Carmem não viu nada disso, está fora do ar, ela sofre do Mal de Alzheimer. Uma coisa inacreditável isso tudo, cara! Passei a vida com eles. De repente, acabou tudo. Eles viveram um para o outro e não tiveram filhos — afirmou Falabella, parceiro de Maria Carmem em várias novelas na Globo.

Jefferson de Paula, irmão do ator por parte de pai, afirmou que ele estava internado há pelo menos três semanas e sofria com problemas no fígado há oito anos.

— Ele nunca jogou aberto sobre o problema no fígado, mas a gente sabia que a situação não era muito confortável. O estado de saúde dele se agravou nos últimos meses. Ele não ficou inconsciente e sabia que o estado de saúde era grave. É triste tudo isso, mas ele descansou porque vinha sofrendo demais há anos — explica Jefferson.

D’Artagnan Júnior deixou um filho, Allan da Silva, de 32 anos, que mora nos EUA com a tia, irmã do ator.

Jefferson de Paula lembrou ainda quando o pai dos dois morreu e disse que agora não vai ter como ser forte:

“Hoje meu coração é luto, tristeza e lágrimas porque você partiu para sempre. Quando nosso pai faleceu,você me abraçou e falou que, apesar de eu ter 10 anos, deveria ser forte… E agora, como serei forte?”, lamentou Jefferson pelo Facebook.

O ator participou de mais de 20 trabalhos na televisão, entre eles Insensato Coração (2011), O Profeta (2006) , Da Cor do Pecado (2004), Kubanacan (2003) e Malhação (1998). O trabalho mais recente de D’Artagnan Júnior foi na novela “Salve Jorge”, em 2012.