Armazém

Morreu no início da tarde desta sexta-feira (29), em Armazém, Gilvan Pereira, o Buda, como era conhecido. Ele trabalhava como motorista da Prefeitura de Armazém.

Segundo informações do Hospital Santo Antônio, de Armazém, Gilvan chegou por volta das 12 horas, já com uma parada cardiorrespiratória. Ele era solteiro e tinha 41 anos – faria 42 neste sábado (30).