A Polícia Federal (PF) prendeu nesta sexta-feira (26), em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, o jornalista Oswaldo Eustáquio. Ele é investigado na Operação Lume, que averigua a realização de atos antidemocráticos, que também inclui atos contra o Supremo Tribunal Federal (STF).

 

A PF localizou o jornalista anteriormente em Ponta Porã (MS), no entanto, ele estava na capital do Estado. Há duas semanas, a residência de Eustáquio tinha sido alvo de busca e apreensão.

 

Conforme o Ministério Público Federal (MPF), o jornalista defendeu ‘ruptura institucional de forma obliqua’. A autorização para as ações foi dada pelo ministro do STF Alexandre de Moraes.