Moradores da rua Cristiano Koenig, no bairro Passagem, em Tubarão, fizeram um abaixo-assinado pedindo a permanência de um morador desta rua na prisão. O homem é suspeito de matar um vizinho no último domingo.

Cerca de 20 pessoas assinaram o documento pedindo que o suposto criminoso permanecesse na Penitenciária Masculina de Tubarão. Eles asseguram que os atos praticados pelo homem ocasionou a morte de um morador daquela rua. A ação gerou revolta, preocupação e também medo por parte de todos os moradores da rua Cristiano Koenig.

No documento, os assinantes afirmam que o homem tem um comportamento agressivo, instável e que ele possui desavenças com todos os moradores da rua. Eles pontuam ainda, que caso o suposto criminoso fique em liberdade, todos os moradores se sentirão intimidados.

No entanto, o pedido dos moradores não foi acatado. Nesta sexta-feira (8), o juízo da 1ª Vara Criminal da Comarca de Tubarão, concedeu liberdade provisória ao homem.

Relembre o caso:

Um crime de homicídio doloso foi registrado neste domingo (3) em Tubarão. Por volta das 12h a Polícia Militar recebeu a informação de que um homem, de 62 anos, havia sido ferido por uma arma branca. O fato ocorreu no bairro Passagem.

No local, a guarnição encontrou várias pessoas no meio da rua e a ambulância do SAMU já prestando atendimento à vítima. Uma testemunha entregou um canivete com marcas de sangue utilizado no crime.

Foi constatado que ele e a vítima possuíam uma desavença antiga. Na data de hoje o autor saiu de sua residência e foi até a casa de sua filha, localizada em frente à casa da vítima. Após sair da casa da filha, o criminoso teria sofrido alguns xingamentos por parte da vitima mas continuou seguindo em direção a sua casa.

Minutos após vítima estava almoçando com seu filho na parte da frente de sua casa e, em certo momento, deslocou até o meio da rua onde o autor estava e deferiu-lhe um soco no rosto. O autor, munido de um canivete, retirou a arma branca do bolso e golpeou a vítima na região do peito.

A vítima teve vários ferimentos graves, perdas sangue e veio a cair na frente da casa da filha do autor. O filho da vítima assistiu aos xingamentos do portão e tentou intervir no momento em que o autor estava golpeando seu pai com o canivete.

O autor foi imobilizado. O SAMU foi acionado mas infelizmente a vítima veio a óbito no local. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) e o autor foi levado para a delegacia.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul